“11° Liberdade irrestrita de opinião e manifestação”.

 

O décimo primeiro ponto da Nova Ordem é significativo. Como parte dos 13 pontos que foram designados no início do século XXI, se mostrou impressionantemente certeiro. Como sabemos, é um selo dos iluminados essa grande capacidade de previsão. Não somente prever corretamente, como também se posicionar a respeito desse futuro.

Prever corretamente o futuro é uma habilidade daqueles que alcançaram esse mérito. Além dessa precisão nas previsões, é igualmente importante posicionar-se de maneira coerente diante dos eventos que se desenrolam. Neste contexto, o sucesso das forças da luz reside na combinação entre previsão e posicionamento.

Ao antecipar o futuro com precisão, é possível tomar decisões informadas e estratégicas. Contudo, é fundamental lembrar que a verdadeira grandeza emerge quando a previsão é acompanhada por posturas éticas e autênticas durante o desenrolar dos eventos que se seguem. O posicionamento superior implica agir de acordo com os valores e princípios firmados no ponto inicial, mesmo quando as circunstâncias são desafiadoras.

A capacidade do iluminado, implica aceitar muitas vezes as limitações, reconhecer todas as incertezas e abraçar vulnerabilidades a que fica exposto nas circunstâncias cotidianas ou  eventos históricos. Assim há sabedoria em conhecer esse provável futuro e aceitar de que, por mais que se preveja, sempre há fatores incontroláveis.

Além disso, é vital considerar o impacto das decisões passadas e atuais não apenas no âmbito pessoal, mas também nas relações interpessoais e na sociedade como um todo. Uma visão do futuro implica responsabilidade para contribuir com um mundo ético.

Prever corretamente o futuro é valor inestimável, mas é o posicionamento correto diante das previsões que confirma o poder da iluminação e conexão com a luz. A sabedoria interage o poder de antecipação com a coerência contínua nas ações, criando um caminho sólido para a realização pessoal e coletiva.